DestaqueViseu

Míni Aldeia Natal e neve três vezes por dia nas festas natalícias de Viseu

0

Uma míni Aldeia Natal, no centro histórico de Viseu, onde nevará três vezes por dia, é uma das novidades das festas natalícias deste ano na cidade, cuja programação tem como preocupação a redução de custos.

“A novidade deste ano é que vai nevar na Rua Direita, três vezes ao dia, porque vamos ter dois canhões na nossa míni Aldeia de Natal, onde chegará o Pai Natal, em 10 de dezembro, e estará com duendes a receber as pessoas”, anunciou hoje a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Viseu.

Leonor Barata adiantou que “esta novidade é uma forma de dinamizar o percurso da Rua Direita, para o comércio de rua e tradicional, de forma a tornar aquela zona mais atrativa e a incentivar as compras naquelas lojas”.

“A Rua Direita vai ter também 10 novos espaços, em lojas atualmente desocupadas, que terão inquilinos provisórios, como artistas plásticos, espaços para ‘workshops’, artesanato, de forma a dinamizar a rua e a torná-la mais atrativa”, adiantou.

Além das ruas iluminadas no centro da cidade, entre 08 de dezembro a 08 de janeiro, encurtando assim o tempo de iluminação e eventos, o Rossio terá também uma “bola gigante de luz” que representa o planeta terra.

“Um mundo de luz à sua espera”, o slogan deste ano da autarquia para as festividades, que, segundo a vereadora, “representa um mundo de luz, em verde e branco, porque também representa um mundo sustentável e com preocupações ambientais”.

Neste sentido, a vereadora disse que a iluminação estará ligada entre as 17:30 e as 23:30, “cumprindo rigorosamente as orientações de seis horas por dias” e as lâmpadas usadas “são de baixo consumo de energia, as LED, para promover essa consciência também”.

Numa altura em que “toda a gente está a sofrer com a inflação”, o presidente da Câmara de Viseu, Fernando Ruas, assumiu que “a redução de custos foi das recomendações mais dadas” à vereadora da Cultura, tendo em conta que “é uma grande preocupação”.

“Este ano, na iluminação, com mais luzes e nas mesmas ruas vamos gastar 90 mil euros e em 2021 gastámos 92 mil euros. Ao todo, na programação de Natal, são 206 mil euros, ou seja, conseguimos baixar o orçamento em 60 mil, tendo em conta que no ano passado foram 266 mil euros”, revelou Leonor Barata.

A vereadora disse que o Rossio receberá também “16 barraquinhas para o Mercado de Natal, haverá grupos a animar as ruas com artistas de rua, orquestras de duendes e de palhaço” e “a biblioteca e os museus municipais receberão workshops e eventos dedicados aos mais novos”.

Este ano, continuou, o município “terá um concerto da Natal único, de grande escala e incrível, que vai juntar em palco 183 coralistas juvenis e 159 adultos, com a particularidade de juntar várias instituições do território num único concerto que conta com 55 instrumentos” musicais.

Leonor Barata acrescentou que Viseu vai também acolher “um espetáculo do Panda e dos Caricas e uma exposição da Lego que é daquelas atrações que dá para crianças e adultos, para toda a família”.

À semelhança de anos anteriores, Viseu conta com a corrida de pais natais solidária, a rota dos presépios pelas freguesias, o Concerto de Ano Novo” e haverá também o concurso de montras com prémios para as três melhores e ainda cinco menções honrosas.

“Os valores são de 750 euros, 450 e 300 euros, do primeiro para o terceiro prémio. Cada uma das menções receberá 100 euros”, anunciou o presidente da Associação de Comerciantes de Viseu.

Gualter Mirandez acrescentou ainda que espera “que os comerciantes saibam dignificar as suas montras, tendo em conta o valor dos prémios”, já que, no seu entender, Viseu “será das cidades do país com melhores prémios monetários”.

O diretor da Viseu Marca, que coorganiza a festa de fim de ano com a Câmara Municipal de Viseu, anunciou que a festa será na Praça de Viriato, onde habitualmente decorre a Feira de São Mateus, e será “com muita dignidade, apesar de alguns ajustes”.

Pedro Alves anunciou que a festa se inicia 22:30 com Mundo Segundo, até à meia-noite para o fogo-de-artifício, segue-se a atuação de Richie Campbell e a noite termina com o dj Victor Pirez, num espaço em que “a restauração marcará presença”.

Notícias do Centro | Lusa

Águas de Viseu conquista selo “Qualidade exemplar de água para consumo humano”

Notícia anterior

Projeto GiraComigo desenvolveu competências da comunidade cigana em Leiria

Próxima notícia

Também pode gostar

Comentários

Comentários estão fechados

Mais em Destaque