Castelo Branco

Boom Festival recebe pela oitava edição consecutiva prémio internacional

0

O Boom Festival, que decorreu em Idanha-a-Nova em julho de 2022, foi premiado, pela oitava edição consecutiva, com o “Greener Festival Award”, galardão internacional que distingue festivais exemplares nas práticas de sustentabilidade.

O Município de Idanha-a-Nova felicita a organização e todos os que contribuíram para o sucesso do evento, que regressa este ano de 20 a 27 de julho.

A organização explica que “é a oitava edição consecutiva em que o Boom é reconhecido como um festival consciente do ponto de vista ambiental, bem administrado e com ações significativas para reduzir o desperdício, reduzir as emissões de gases com efeito estufa e ainda que envolve com sucesso os participantes (boomers) nestes objetivos que protegem o planeta”.

Na edição 2022, durante a semana do Boom Festival, que decorreu entre 22 e 29 de julho, esteve em Idanha-a-Nova uma equipa do ‘Greener Festival’ a auditar e classificar as práticas de sustentabilidade, os recursos utilizados e o impacto ambiental do evento que juntou 40.751 pessoas.

Feita a avaliação e depois da análise da informação comparativa, o ‘Greener Festival’ concluiu que o Boom Festival “demonstrou um impulso apaixonado por um festival mais verde, focado em ter as melhores práticas existentes.

O ano passado estiveram no Boom Festival 40.751 pessoas, que chegaram à Herdade da Granja através de diversos meios de transportes, de entre os quais 177 ‘Boom Bus’.

A entrega oficial do prémio ocorre no dia 28 de fevereiro, em Londres, no decorrer da 15.ª Conferência ‘Green Events & Innovations’.

A Greener Festival é uma associação sem fins lucrativos, que, de forma independente, avalia eventos e festivais em todo o mundo e faz recomendações para que se possam tornar mais sustentáveis e a reduzirem os impactos ambientais.

Notícias do Centro | Lusa

PSD de Viseu questiona Governo sobre polo do Centro de Estudos Judiciários

Notícia anterior

Trabalhadores da vidreira Santos Barosa com aumento de 103,25 euros

Próxima notícia

Também pode gostar

Comentários

Comentários estão fechados