DestaquePrazeres

Veja a lista dos 12 vinhos do Dão distinguidos no Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola. 

0

O Crédito Agrícola, em parceria com a Associação dos Escanções de Portugal, distinguiu doze vinhos da Região do Dão com Medalha de Ouro na 9ª edição do Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola.

Os prémios foram entregues numa Cerimónia que se realizou na Estufa-Fria, em Lisboa, no passado dia 13 de Janeiro, e contou com a presença de Bernardo Gouvêa, presidente do Instituto da Vinha e do Vinho (IVV), entidade que certifica o Concurso desde a primeira edição, João Mateus, presidente do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP) e Licínio Pina, presidente do Grupo Crédito Agrícola, tendo sido conduzida por Sílvia Alberto e reuniu produtores, representantes de cooperativas,  de Comissões Vitivinícolas Regionais e da Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, bem como enólogos, escanções e responsáveis do Crédito Agrícola de todo o país.

A 9ª Edição do Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola recebeu um total de 218 vinhos – brancos, tintos e espumantes -, colocados à prova por 94 produtores nacionais das várias regiões vitivinícolas do país, Clientes e Associados do Crédito Agrícola. O júri, constituído por enólogos, enófilos e jornalistas especializados, distinguiu, durante as provas cegas, realizadas a 04 de Novembro, 67 vinhos com a Tambuladeira dos Escanções de Portugal, 3 com Grande Medalha de Ouro e 64 medalhas de ouro.

Na categoria de vinhos brancos, foram distinguidos cinco vinhos: Adega de Penalva Bical 2020 e Adega de Penalva Encruzado 2021, ambos da Adega Cooperativa de Penalva do Castelo; Tesouro da Sé Private Selection 2017 e Adro da Sé Encruzado 2020, ambos produzidos pela Udaca – União das Adegas Cooperativas do Dão; e Castelo de Azurara Encruzado Grande Reserva 2020, da Adega Cooperativa de Mangualde.

No que respeita aos vinhos tintos foram atribuídas seis distinções: Casa da Ínsua Reserva 2017, de Empreendimentos Turísticos Montebelo; Morgado de Silgueiros Touriga Nacional 2017, da Adega Cooperativa de Silgueiros; Quinta dos Monteirinhos Manel Chaves Touriga Nacional Reserva 2020, da Quinta dos Monteirinhos; Quinta do Cerrado Reserva 2017, da União Comercial da Beira; Casa Américo 625 MTS 2019, de Seacampo – Sociedade Agrícola; e Adega de Penalva Reserva 2017, da Adega Cooperativa de Penalva do Castelo.

Na categoria de vinhos espumantes foi premiado, com medalha de ouro, o vinho Quinta do Cerrado Espumante Rosé Reserva, 2016, da União Comercial da Beira.

À semelhança das medalhas entregues à Região do Dão, foram ainda distinguidos vinhos oriundos das regiões vitivinícolas de Vinhos Verdes (3 medalhas), Douro (12 medalhas), Beira Interior (1 medalha), Bairrada (1 medalha), Tejo (9 medalhas), Lisboa (4 medalhas), Península de Setúbal (6 medalhas), Alentejo (17 medalhas), Algarve (1 medalha) e Açores (1 medalha).

O Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola tem como objectivo promover e colocar à prova a qualidade dos vinhos nacionais, procurando gerar novas oportunidades de negócio e dinamização das comunidades onde desenvolve o seu trabalho em contacto directo com as pessoas. Esta é mais uma iniciativa do Grupo Crédito Agrícola para apoiar o sector vitivinícola e o desenvolvimento das economias locais.

Notícias Do Centro

PCP critica Governo por “disfarçar com promessas” atrasos das obras na Linha do Oeste

Notícia anterior

Anadia elimina dois mil ninhos de vespa asiática

Próxima notícia

Também pode gostar

Comentários

Comentários estão fechados

Mais em Destaque