Prazeres

Teatro das Beiras estreia na Covilhã peça original de Brian Friel

0

O Teatro das Beiras estreia, na quarta-feira, na Covilhã, a peça “Molly Sweeney”, a partir do texto original de Brian Friel e com encenação de Nuno Carinhas, anunciou hoje aquela companhia.

Em nota de imprensa enviada à agência Lusa, o Teatro das Beiras explicou que esta produção marca o regresso da companhia à dramaturgia inglesa e que a mesma estará em cena até ao domingo, com exibições às 21:30 (até sábado) e às 16:00 (domingo).

Segundo a informação, esta peça parte da alternância das narrativas de três personagens sem interação umas com as outras: “Molly, uma mulher independente e capaz, cega desde a infância, submete-se a uma cirurgia para tentar restaurar a visão; Frank, o entusiasta e inquieto marido, que faz da cegueira da esposa a sua última causa, e Dr. Rice, outrora um famoso cirurgião, agora um alcoólico caído em desgraça que tenta restaurar a visão de Molly, numa tentativa de recompor a sua reputação”.

“Parte da construção dramática do texto é inspirada no estudo ‘Ver e Não Ver’, de Oliver Sacks, mais especificamente em Virgil, um homem cego desde a infância cuja visão fora recuperada em adulto e, assim como Molly, após a operação, vê o seu mundo percetivo desmoronar e não se consegue ajustar ao novo mundo visual. A sua experiência é descrita como um ‘milagre abortado’”.

O Teatro das Beiras revelou ainda que, “no final, Molly diz: ‘vivo agora num país de fronteiras’, onde as perceções deixaram de ser fidedignas e a loucura e a realidade se fundem no mesmo caos”.

Com duração de 120 minutos, esta peça destina-se a maiores de 12 anos e tem interpretação João Melo, Susana Gouveia e Tiago Moreira.

O bilhete custa seis euros, com desconto para estudantes, maiores de 65 anos, sócios do Teatro das Beiras, da Casa do Pessoal do Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira e para os profissionais das artes.

Notícias do Centro | Lusa

Detido na Guarda suspeito de vender droga incluindo a menores a troco de favores sexuais

Notícia anterior

“O Óbidos Vila Natal traz felicidade às pessoas e isso deixa-nos muito satisfeitos”

Próxima notícia

Também pode gostar

Comentários

Comentários estão fechados

Mais em Prazeres