Portugal

Mais de 400 animais recolhidos em Mangualde, Aguiar da Beira, Penalva do Castelo e Sátão

0

Mais de 400 cães e gatos foram retirados das ruas, em 2023, pelo Centro de Recolha Oficial Intermunicipal (CROI) que é gerido pela Associação de Municípios de Mangualde, Aguiar da Beira, Penalva do Castelo e Sátão.

Segundo a Câmara Municipal de Mangualde, 165 animais eram cães e 249 gatos, tendo o CROI conseguido que fossem adotados 85 animais.

Só no concelho de Mangualde, no distrito de Viseu, foram recolhidos 60 cães (36% do total destes animais) e mais de meia centena de gatos (20%), números que, segundo o vereador Rui Costa, permitem fazer um balanço positivo.

“Mas pretendemos fazer muito mais pela causa animal e, por isso, é fundamental o envolvimento de todos. Precisamos que os cidadãos alertem a Câmara Municipal sempre que se apercebam de um cão ou de um gato, sem detentor, para que o mesmo possa ser capturado, levado para o canil e, posteriormente, encaminhado para adoção”, frisou Rui Costa.

Dos animais recolhidos pelo CROI em 2023, duas dezenas foram acolhidos por famílias de Mangualde.

“Quantos mais animais forem adotados, mais espaço teremos livre para acolher outros, evitando que fiquem ao abandono ou que morram nas ruas”, referiu o vereador.

De acordo com a autarquia, em 2023 também “foram esterilizados no CROI mais de 160 animais de companhia, contribuindo desta forma para travar a multiplicação de cães e gatos”.

Notícias do Centro | Lusa

Deduzida acusação contra homem que ameaçou juízes no Tribunal de Aveiro

Notícia anterior

Nazaré aprova abertura de concurso internacional para Funicular da Pedreneira

Próxima notícia

Também pode gostar

Comentários

Comentários estão fechados

Mais em Portugal