AveiroDestaque

LEME regressa a Ílhavo com uma estreia internacional

0

O festival de circo contemporâneo LEME está de regresso a Ílhavo, distrito de Aveiro, de 30 de novembro a 04 de dezembro, com um cartaz que inclui uma estreia internacional, seis estreias nacionais e uma antestreia, anunciou a organização.

Promovido pelo 23 Milhas, projeto cultural da Câmara de Ílhavo, e pela Bússola, o festival, que já vai na quarta edição, reúne 16 companhias de circo contemporâneo, de 10 países diferentes, que representam 70 artistas de 16 nacionalidades.

Ílhavo, Gafanha da Nazaré, Vista Alegre, Gafanha da Encarnação e Costa Nova recebem, ao longo de cinco dias, 31 exibições de 16 espetáculos, incluindo uma estreia internacional, seis estreias nacionais e uma antestreia.

Da programação fazem parte “Fenomen” de Moon Ribas e Quim Giron, que regressa ao LEME com um espetáculo em que trabalha com gelo, “Mirage (un jour de fête)” da companhia francesa Dyptik, a antestreia de “Frequência” da companhia Errance com Leonardo Ferreira, o espetáculo de acrobacia “Nuye” da Circo Eia, “Anda, Diana” de Diana Niepce, “Raiz” de Circo Caótico, “Corpo Espectacular” de Mariana Barros, “Simulacro” de Margarida Montenÿ e Carminda Soares e a estreia internacional de “Em (quadrados)”, da Team Braga, que explora coreograficamente as técnicas do ‘parkour’.

Este ano, a região convidada é a zona Báltico-Nórdica, de onde vêm a Cie Nuua, Džiugas Kunsmanas & Adrian Carlo Bibiano e Kapsel, que apresentam “Vaarna”, “Where do I connect” e “Apparat”, respetivamente.

A categoria Navegar, que integra novos criadores, apresenta também quatro espetáculos, com várias exibições cada, contando com quatro performers selecionados em concurso: DuoVerse, Evangelia Mosiou, Joka – Cão Danado e Josh & Cloé.

No que toca à formação, esta edição conta com três ‘workshops’ e duas residências artísticas.

O festival acolhe ainda a segunda edição do DIVE, um evento imersivo promovido pela Circostrada Network, em conjunto com a organização do LEME e a Acesso Cultura.

A experiência, que acontece pela primeira vez em Portugal, reúne inscrições de 75 profissionais de 20 países, que estarão reunidos durante três dias na Casa da Cultura de Ílhavo e no Cais Criativo da Costa Nova para debater boas práticas de diversidade e inclusão para o circo contemporâneo a nível internacional.

Os bilhetes para os espetáculos custam entre três e quatro euros. Alguns espetáculos têm entradas gratuitas.

Notícias do Centro | Lusa

Três feridos em incêndio numa habitação em Esmoriz

Notícia anterior

Vila Velha de Rádão: Corpo de homem encontrado seis dias depois de cair ao Tejo

Próxima notícia

Também pode gostar

Comentários

Comentários estão fechados

Mais em Aveiro